Planos de saúde perderam 37 mil usuários nos últimos cinco anos em Santa Catarina

0
24

Os planos de saúde perderam 37 mil beneficiários em Santa Catarina desde 2014, quando iniciou a recessão econômica no país. O levantamento é da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), e mostra que os números do Estado seguiram as estatísticas nacionais. O Brasil chegou a ter 50 milhões de usuários em 2014, e perdeu 3 milhões em cinco anos.

A redução no número de beneficiários dos planos de saúde tem aumentado, em todo o país, a procura pelos hospitais públicos. É a principal causa identificada pela secretária de Saúde de Balneário Camboriú, Andressa Haddad, para a superlotação da emergência do Hospital Municipal Ruth Cardoso, que esta semana voltou a impedir o acesso de ambulâncias por falta de espaço para novos pacientes.

Desemprego
A Associação Brasileira de Planos de Saúde (Abramge) ressalta que a crise econômica é o principal motivo para a movimentação negativa porque o setor é impactado diretamente pelo número de empregos formais e pela queda de renda da população. Historicamente, 70% dos planos são empresariais – o que significa que, ao perder a vaga, o trabalhador também perde acesso à saúde suplementar.

(As informações são do NSC Total/Por Dagmara Spautz)