População de Caçador está respeitando a ordem de ficar em casa. Será?

0
30

Apesar das restrições impostas pelo governo de Santa Catarina, através do Decreto 515, visando combater a pandemia de Coronavírus, algumas ruas do centro de Caçador ficaram cheias na manhã desta terça-feira, 24 de março. Na parte alta da avenida Barão do Rio Branco, principal via comercial do município, motoristas chegaram a ter dificuldades para estacionar.

Mesmo com as lojas fechadas, foi grande o número de pedestres flagrados circulando. Muitas em grupos de duas, três e até mais pessoas. Ou seja, desrespeitando a recomendação de que apenas um membro por família saia para fazer as atividades essenciais, como comprar remédios ou alimentos.

Nesta manhã, a Polícia Militar também recebeu várias denúncias de atividade comercial irregular. Numa loja de empréstimos para aposentados, por exemplo, a PM flagrou funcionários uniformizados trabalhando como se o expediente fosse normal

Próximo a uma instituição bancária, bem no centro da cidade, foram vistas diversas pessoas idosas e mães com crianças de colo saindo de seu interior.

Na noite desta segunda-feira, dia 23, o governador catarinense Carlos Moisés estendeu por mais sete a determinação de o comércio mantenha-se fechado. Apenas farmácias, mercados mercearias, padarias e lojas de venda de alimentação animal podem ficar com as portas abertas.

Santa Catarina fechou a segunda-feira com 86 casos de Coronavírus confirmados. Caçador até o momento registra apenas dois casos suspeitos e monitora outros 26 pacientes

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui