Preso no Paraguai: Ronaldinho Gaúcho é detido por suspeita de passaporte falso

0
1277

A operação policial ocorreu na suíte presidencial do Hotel Resort Yacht y Golf Club em Lambaré, vizinho a Assunção

A polícia do Paraguai fez buscas na noite desta quarta-feira, 4, na suíte em que está hospedado o jogador Ronaldinho Gaúcho em um hotel próximo à capital Assunção. Os agentes relataram ter agido após denúncia do Departamento de Identificações da Polícia Nacional por suspeita de que o jogador e o seu irmão, Roberto de Assis Moreira, estivessem portando passaportes falsos. Ambos foram convocados a prestar esclarecimentos ao Ministério Público na manhã desta quinta-feira, 5.

A operação policial ocorreu na suíte presidencial do Hotel Resort Yacht y Golf Club em Lambaré, vizinho a Assunção.

O registro da ocorrência mostra que os agentes chegaram ao local às 21h15. Ronaldinho chegou ao Paraguai nesta quarta para participar de um evento beneficente. Os passaportes supostamente adulterados teriam sido apresentados pelo jogador e pelo seu irmão na entrada do país.

A denúncia da Polícia Nacional foi levada à Procuradoria-geral do país, que coordenou a operação após determinação judicial. O comunicado da polícia ressalta que foi providenciado que eles permaneçam nos quartos, devendo comparecer nesta quinta-feira às 8h na sede do Ministério Público.

Aos policiais, eles disseram que foram ao Paraguai a convite de Nelson Belotti, dono do cassino Il Palazzo, e que depois foram contatados por um representante da fundação “Fraternidade Angelical” para alguns eventos