Visan vai investir R$ 2 milhões em redes no centro e nos bairros

    0
    7

    A Videira Saneamento (Visan) inicia 2020 com mais uma grande obra de ampliação de três quilômetros de rede de águas bruta e tratada, além do início da construção da rede de esgoto. Com investimentos que chegam a R$ 2 milhões, estas obras irão proporcionar melhor condicionamento na distribuição de água, principalmente nas áreas mais altas da cidade, bem como iniciar a implantação do sistema de coleta do esgoto, investimento inédito em Videira. A previsão é de que os trabalhos iniciem até o final de janeiro e devem durar cerca de 120 dias, passando pelo Centro e bairros. A entrega da ordem de serviço acontece na próxima quinta-feira (16), às 14h, no Gabinete da Administração.

    As obras de implantação da nova rede de água tratada iniciam na Rua Antônio Marafon, no bairro Marafon, seguindo pela Rua Brasil, no Centro. Nas proximidades da Praça Nereu Ramos a nova rede será construída em duas direções, sendo que uma seguirá reto, sentido Ponte, atravessando a Rua XV de Novembro, subindo pela Travessa Santa Catarina, até o reservatório de recalque, localizado na Rua Marechal Floriano Peixoto. A outra será construída no sentido do Sesi, passando pelo Parque do Rio do Peixe e pelo Bairro Cibrazém, chegando até as proximidades da escola Fidélis Fantin.

    A nova rede de água bruta será construída na Rua Antônio Marafon. Com a implantação, a capacidade passará dos atuais 160 litros por segundo para 230 litros por segundo. O redimensionamento da capacidade de água captada está ligado às obras de instalação da nova Estação de Recalque de Água Bruta (ERAB), que inicia no mês de fevereiro, e à construção da nova Estação de Tratamento de Água (ETA), que deverá ser implantada ainda este ano. Na mesma rua, será construída também a nova rede de esgoto, que descerá ainda pela Rua Brasil e posteriormente será interligada ao sistema de coleta, em uma extensão de cerca de 900 metros.

    O diretor geral da Visan, Sandro Caregnato, explica que parte das obras serão feitas em trechos que receberão pavimentação asfáltica, para que não seja necessária a retirada posterior do asfalto para construção das redes. “São obras extremamente necessárias e estruturantes, baseadas no Plano Municipal de Saneamento e que irão atender uma demanda antiga, pensando ainda na perspectiva de crescimento para os próximos 30 anos do município. Apesar dos transtornos que serão gerados, solicitamos a compreensão dos videirenses”, cita.

    Sandro comenta ainda que as obras fazem parte do pacote de investimentos que serão feitos para atender a demanda nas questões de captação e distribuição de água, além da coleta e tratamento de esgoto, cumprindo o compromisso assumido pela autarquia e pela administração desde o início dos serviços, em agosto de 2018. “ As obras vão solucionar os problemas crônicos de abastecimento em áreas altas, além de proporcionar um ganho energético significativo, reduzindo os vazamentos e as perdas de água tratada”, completa.

    (Por Prefeitura de Videira)

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui